13 . mar . 2018 Autoconfiança  Comportamento Alimentar  

5 passos para aumentar a autoconfiança e alcançar uma alimentação equilibrada

aumentar a autoconfiança

Autoconfiança é confiar em si mesmo e em sua capacidade de fazer ou realizar alguma coisa. É também se valorizar. Vem aprender 5 passos para aumentar a autoconfiança e alcançar uma alimentação equilibrada!

Você sabia que independente de ter a habilidade para realizar algo, somente o fato de acreditar nesta capacidade aumenta as chances de realização e sucesso?!

Isso por que as crenças sobre nossas capacidades afetam como pensamos, sentimos e nos comportamos!

Nossas crenças influenciam:

  • nosso nível de motivação;
  • a resiliência às adversidades;
  • e a vulnerabilidade ao estresse.

Ou seja, acreditar em sua capacidade de realizar determinada tarefa pode determinar quanto esforço se dedicará à atividade, por quanto tempo se terá perseverança frente aos obstáculos e o quão resiliente se apresentará diante das dificuldades.

Mas então Nutri, como eu posso aumentar a autoconfiança e alcançar uma alimentação equilibrada em minha vida?

1. Primeiro, preste atenção a sua forma de agir, pensar e sentir em relação à comida

Comece a perceber os pensamentos que veem à tona quando você se alimenta, como você se sente em relação a eles e como age posteriormente.

2. Identifique pensamentos negativos e suas consequências.

Identifique pensamentos negativos, que gerem sentimentos ruins e atitudes sabotadoras.

Por exemplo:

  • “’Eu não consigo me alimentar bem”
  • “Eu não deveria comer isso, falhei de novo”
  • “Será a última vez que vou comer isto e então vou entrar na dieta novamente”.

Atrelados a estes pensamentos podem surgir sentimentos de angústia e ansiedade que te impedem de prosseguir ou desencadeiam ações sabotadoras como o maior consumo dos alimentos ‘’proibidos’’.

3. Valide esses pensamentos

Será mesmo que comer algo calórico é sinônimo de ter falhado na alimentação?

Será que as pessoas que se alimentam bem nunca comem chocolate, sorvete, ou bolo de aniversário? É claro que comem!

Todos os alimentos podem fazer parte de uma alimentação equilibrada, tudo depende da frequência e quantidade que se consome.

Perceba que muitos desses pensamentos não são verdadeiros, transforme-os em pensamentos positivos!

4. Trace metas graduais

Estabelecer metas muito distantes ou mesmo irreais, podem desmotivar.

Portanto, comece com metas pequenas e possíveis, e a medida que for conseguindo obter essas pequenas vitórias passe para objetivos maiores. Mudanças pequenas geram grandes mudanças ao longo do tempo.

Aqui te ensinamos a criar objetivos e montar suas metas para começar sua reeducação alimentar hoje!

5. E por último, seja paciente consigo mesmo e aprenda com os erros

Conquistar a autoconfiança não acontece da noite para o dia. Pode ser que você tente atingir um objetivo, mas não consiga na primeira tentativa. Aproveite este momento para entender o que poderia ter sido diferente, aprenda com a experiência. A autoconfiança precisa ser alimentada e cultivada, um pouquinho de cada vez.

 

Siga esses 5 passos para aumentar a autoconfiança e alcance uma alimentação mais equilibrada na sua vida! 🙂

Referências

ALVARENGA, M. et al. Nutrição Comportamental. 1 ed. Barueri- SP: Editora Manole Ltda, 2016.

WIKIHOW. Como desenvolver sua autoconfiança. Disponível em: https://pt.wikihow.com/Desenvolver-sua-Autoconfian%C3%A7a

Raquel Gaetani Nutricionista

Raquel Gaetani

Nutricionista | CRN 3-51512

Formada desde 2015 em Nutrição e Metabolismo pela Universidade de São Paulo (USP), especialista em Saúde da Família e Comunidade pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pós-graduanda em Comportamento Alimentar.

Apaixonada pela nutrição e pela cozinha, acredito na transformação da relação das pessoas com a comida. Por isso trabalho a alimentação para além de seu papel biológico de nutrir o corpo, mas principalmente considerando seus aspectos culturais, sociais e psicológicos.

Busco reaproximar as pessoas dos alimentos, da comida de verdade e do ato de cozinhar, incentivando uma alimentação equilibrada e prazerosa.

Acredito em uma nutrição gentil, que ofereça um cuidado verdadeiro, proporcionando sintonia entre corpo e mente através da reeducação alimentar, percepção corporal e desenvolvimento da autonomia. Uma nutrição que segue na contramão do nutricionismo e terrorismo nutricional que encontramos hoje em dia.

Veja todos os posts de Raquel Gaetani