Gelatina é realmente uma sobremesa saudável?

gelatina é saudável

A gelatina é conhecida por ser uma sobremesa saudável, pouco calórica, de baixo custo e fonte de colágeno, por isso se tornou a queridinha das pessoas que gostam de comer algo doce depois das refeições, mas não querem atrapalhar a rotina alimentar e a perda/manutenção do peso.

Além disso, por ser colorida e de fácil mastigação, ela também vêm sendo inserida na alimentação das crianças, muitas vezes antes de completar 2 anos de idade.

Mas será que a gelatina é saudável?

Confira abaixo as informações nutricionais de 3 marcas de gelatinas (sabor uva):

Marca 1 Marca 2 Marca 3
26 kcal 26 kcal 27 kcal
4,9 g de carboidratos 5 g de carboidratos (sendo 4,9 g de açúcar) 5,8 g de carboidratos
1,3 g de proteínas 1,3 g proteína 1,2 g de proteína
88 mg de sódio 90 mg de sódio 54 mg de sódio
108 mcg de vitamina A 97 mcg de vitamina A
8,1 mg de vitamina C 7,3 mg de vitamina C
1,8 mg de vitamina E 1,6 mg de vitamina E

*Valores correspondentes a porção de 7g do produto.
**Os valores podem variar conforme o sabor.

O que podemos verificar:

  • Elas possuem valor calórico baixo e a composição nutricional não difere muito de uma para outra
  • As marcas 1 e 3 não identificam a quantidade de açúcar, porém através da marca 2 conseguimos verificar que a quantidade é bem grande (70% do produto é açúcar)
  • A marca 3 não possui informação de vitaminas pois elas não foram adicionadas na formulação da gelatina.

Porém, como sempre falamos em diversos artigos, valor calórico baixo não é sinônimo de alimento saudável. Para saber do que é feito esse alimento e de onde vêm essas calorias é importante ler a lista de ingredientes, que está sempre em ordem decrescente, ou seja, o primeiro da lista é sempre o ingrediente em maior quantidade naquele alimento.

Vamos ver como é a lista de ingredientes dessas gelatinas?

 

Marca 1 Marca 2 Marca 3
Açúcar, gelatina, sal, maltodextrina, vitaminas: A, C e E, acidulante ácido fumárico, regulador de acidez citrato de sódio, aromatizante, edulcorantes artificiais: aspartame, ciclamato de sódio, acessulfame de potássio e sacarina sódica e corantes: Bordeaux S e azul brilhante FCF. Açúcar, gelatina, sal, vitaminas: A, C e E, regulador de acidez citrato de sódio, acidulante ácido fumárico, aromatizante, edulcorantes artificiais: aspartame, ciclamato de sódio, acessulfame de potássio e sacarina sódica e corantes artificiais: Bordeaux S, azul brilhante FCF e tartrazina. Açúcar, gelatina, sal, acidulante ácido fumárico, regulador de acidez citrato trissódico, aromatizante, edulcorantes artificiais: ciclamato de sódio, aspartame e sacarina sódica e corantes artificiais: vermelho Bordeaux e azul brilhante. Pode conter traços de corante artificial tartrazina.
  • Nas 3 marcas o açúcar é o ingrediente principal;
  • A gelatina pura (incolor e sem sabor – obtida através da fervura da pele e ossos de alguns animais) aparece apenas em segundo lugar na lista de ingredientes.
  • O sal é o terceiro ingrediente em maior quantidade;
  • Na marca 1, a maltodrextrina (um tipo de carboidrato que é rapidamente transformado em açúcar) é o 4º ingrediente da lista
  • Todas as marcas utilizam edulcorantes artificiais para adoçar o produto (mesmo já utilizando grandes quantidades de açúcar). Esses tipos de adoçantes não são indicados para alguns indivíduos como grávidas e hipertensos e o consumo de alguns deles pode trazer prejuízos para a saúde. Clique aqui para saber um pouco mais sobre esses adoçantes.
  • Excesso de corantes artificiais: Todas as gelatinas possuem aquela cor forte e bonita devido à presença deles, porém os mesmos não agregam nenhum valor nutritivo ao produto. Além disso, estudos associam o excesso do consumo de alimentos coloridos artificialmente com o desenvolvimento de reações alérgicas (principalmente em crianças) e o consumo de alguns corantes, como o tartrazina, vêm sendo relacionado ao déficit de atenção e hiperatividade infantil.

Conclusão: Apesar de parecer um alimento mais leve e ter poucas calorias, ela NÃO é saudável!

A gelatina é um produto cheio de açúcar, corantes e outros aditivos químicos que podem prejudicar sua saúde e do seu filho (principalmente se ele tiver menos de 2 anos).

E a gelatina diet? É a mesma coisa! A diferença é que não tem adição de açúcar, porém continua cheia de corantes, edulcorantes artificiais e outros aditivos químicos!

Mas eu e meu filho adoramos gelatina, e agora?

Você pode fazer utilizando suco natural ou suco integral de uva e gelatina em pó incolor e sem sabor. Essa gelatina não tem adição de nenhum corante ou outro aditivo químico, o ingrediente é apenas gelatina em pó!

Outra opção é utilizar o Agar-agar, que é de origem vegetal (algas) e ainda auxilia no funcionamento do intestino.

Confira 2 opções de receitas abaixo:

Gelatina de Agar-agar

Ingredientes

  • 1 colher (sopa) de Agar-agar em pó
  • 200 ml de água fria
  • 400 ml de suco concentrado de uva integral

Modo de preparo

Dissolva o Agar-agar na água fria e leve ao fogo brando. Ferva por aproximadamente 1 minuto.

Espere esfriar um pouco, junte o suco de uva e misture bem. Coloque nas taças e espere esfriar.

Gelatina natural

Ingredientes

  • 500 ml de suco natural de sua preferência (Caso precise adoçar prefira mel ou açúcar mascavo/demerara)
  • 1 envelope de gelatina em pó incolor e sem sabor

Modo de preparo

Dissolva a gelatina conforme as instruções do fabricante e misture ao suco.

Leve à geladeira por 4 horas.

Referências

ANA PAULA FERREIRA MELO. Gelatina – Amiga ou inimiga da saúde? Disponível em: http://anaferreiramelo.com.br/tag/agar-agar/. Acesso em: 10/05/2017

POLONIO, M.L.T, PERES, F. Consumo de aditivos alimentares e efeitos à saúde: desafios para a saúde pública brasileira. Caderno de saúde pública, Rio de Janeiro, v. 25, n. 8, 1653-1666, 2009.

PRISCILA NUNES. Gelatina saudável. Disponível em: http://priscilanutricionista.blogspot.com.br/2013/09/gelatina-saudavel.html. Acesso em: 10/05/2017.

SCHUMANN, S.P.A, POLONIO, M.L.T, GONÇALVES, A.C.B.A. Avaliação do consumo de corantes artificiais por lactentes, pré-escolares e escolares. Ciência e Tecnologia de alimentos, Campinas, v. 28, v. 3, p. 534-539, 2008.

Isabela Costa Feitosa

Nutricionista | CRN 6-12899

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo desde 2011 e já atuou como nutricionista clínica no Hospital Igesp no período entre os anos de 2012 e 2013. Atualmente, é nutricionista na Energié, auxiliando colaboradores e gestores a terem melhor qualidade de vida por meio da reeducação alimentar.

Veja todos os posts de Isabela Costa Feitosa