Nutrição Empresarial

Já parou para pensar como a alimentação
interfere no desempenho, produtividade
e rentabilidade das empresas? Nós sim!

Conheça também nosso Blog de Nutrição Pessoal ACESSE
09 . ago . 2017 Prevenção e Saúde  Produtividade  

Como o acompanhamento nutricional pode diminuir o absenteísmo?

diminuir o absenteísmo

O absenteísmo é a ausência do colaborador no ambiente de trabalho, ou seja, o número de horas de trabalho perdidas, seja por faltas, saídas ou atrasos dos funcionários. Essa ausência pode ocorrer por diversos motivos, desde saúde ocupacional (acidentes relacionados ao trabalho, de trajeto, doenças do trabalho ou doenças ocupacionais), saúde assistencial (doenças comuns, tratamentos médicos ou odontológicos, cirurgias) ou ainda por outros motivos (doação de sangue, gala, luto ou por motivos de ordem legal).

Como diminuir o absenteísmo nas empresas?

Taxas elevadas de absenteísmo geram impactos negativos na empresa, uma vez que acarretam em atrasos no andamento dos trabalhos, sobrecarregam os trabalhadores que estão presentes, afetam significativamente a produtividade e, consequentemente, diminuem a qualidade de serviços prestados aos clientes da empresa.

Na maioria das vezes, o absenteísmo acontece por problemas relacionados às condições de saúde do trabalhador, entre elas, as doenças associadas ao estilo de vida, chamadas de doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, pressão alta, dislipidemias, doenças cardiovasculares e câncer. Essas doenças são hoje as principais causas de morte no Brasil e no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde. Por outro lado, as doenças crônicas podem ser prevenidas por meio de um estilo de vida e de alimentação saudável.

Um estudo realizado por Aguiar e Oliveira (2009) de uma empresa específica, apontou que a taxa de absenteísmo por doenças foi o maior índice dessa organização. No caso estudado, 57 funcionários faltaram ao trabalho por motivos de doença e 2.436 horas de trabalho foram perdidas, isso em apenas 10 meses.

Em que a nutrição interfere?

Qualquer organização é composta por bens materiais e financeiros que de nada servem sem o fator humano para o funcionamento saudável das empresas. Os níveis esperados de qualidade e produtividade só são alcançados se houver também um desenvolvimento da qualidade de vida dos trabalhadores que compõem a organização. A melhoria da qualidade de vida depende, principalmente, de mudanças comportamentais que incluem a educação em saúde, que promove mudanças positivas no estilo de vida.

A alimentação pode exercer um grande impacto na saúde do trabalhador. Um colaborador saudável tem maior satisfação no trabalho, alcançando os índices mais altos de produtividade e maior assiduidade, possibilitando diminuir o absenteísmo nas empresas.

A avaliação nutricional busca avaliar o estado nutricional de um indivíduo, que pode ser entendido como o equilíbrio entre as necessidades energéticas e a ingestão de alimentos. Ter uma boa qualidade na alimentação é essencial para uma vida mais saudável, sendo o acompanhamento com o nutricionista a forma ideal de saber a quantidade e quais alimentos são mais adequados de acordo com a idade, sexo, peso, altura, tipo de atividade física, exames laboratoriais, hábitos alimentares, histórico familiar, entre outros.

Durante o acompanhamento nutricional, os objetivos dos colaboradores são avaliados, as metas são definidas, mostram-se as opções de grupos alimentares, melhora-se o cardápio e muda-se o plano alimentar conforme a necessidade e aceitação. Tudo acontece de forma personalizada. Por isso, o acompanhamento nutricional é um trabalho individual e essencial para melhora da qualidade de vida dos trabalhadores.

Com o investimento em programas de prevenção e com o acompanhamento nutricional, os custos com assistência médica podem ser reduzidos, por meio de ações de prevenção, evitando as doenças, promovendo a saúde e bem-estar dos colaboradores.

Segundo Figueira Jr (1998), empresas que investiram em Programas de Qualidade de Vida tiveram redução de 20% na taxa de absenteísmo.

Desta forma, o acompanhamento nutricional pode gerar benefícios para todos os envolvidos: trabalhadores, empresa e sociedade em geral, além de diminuir o absenteísmo.

Vale levar em consideração que, se os índices de absenteísmo da empresa são reduzidos, a produtividade aumenta, uma vez que a saúde e vitalidade são fatores essenciais para a produtividade.

Pessoas altamente produtivas são pessoas motivadas, com bastante energia, com objetivos definidos e felizes. Raramente ficam doentes e suas atitudes têm um impacto positivo com os colegas de trabalho.

Referências

Aguiar. GAS. Oliveira. JR. Absenteísmo: Suas principais causas e consequências em uma empresa do ramo de saúde. Revista de Ciências Gerenciais. Valinhos. SP. Set. 2010.

Stefani. MP. A avaliação e acompanhamento nutricional como suporte à saúde e qualidade de vida do trabalhador. Disponível em: <http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/3169/000288304>. Data de acesso: 27/04/2017.

World Health Organization (WHO). World Health Statistics 2012. Geneve, 2012. Disponível em: <http://www.who.int/gho/publications/world_health_statistics/2012/en/>.Data de acesso: 27/04/2017.

Mirelli Dantas Andrade

Nutricionista | CRN 3-41051

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo desde 2013, especializada em Nutrição Esportiva pela Faculdade Integrada AVM desde 2015 e em Informática em Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) desde 2016. Possui aprimoramento profissional em nutrição clínica pela Faculdade de Saúde Pública – USP. Atua como consultora de Nutrição, oferecendo hábitos mais saudáveis para que a qualidade de vida e produtividade seja prioridade para empresários.

Veja todos os posts de Mirelli Dantas Andrade