Nutrição Pessoal

Alimentação saudável começa com informação. Por isso nossos conteúdos são feitos por especialistas, para te ajudar a ter uma vida mais saudável

Conheça também nosso Blog de Nutrição Empresarial ACESSE
04 . jul . 2017 Dietas  Rotina Alimentar  

Dieta HCG, você conhece? Sabe como funciona?

dieta-hcg

As dietas da moda estão sempre surgindo e conquistando pessoas que desejam perder peso e a dieta HCG é uma delas.

Apesar de ter voltado à mídia recentemente ela não é uma dieta nova, foi desenvolvida há cerca de 60 anos pelo médico inglês Dr. Albert Simeons e é conhecida como uma forma rápida e eficaz para perder peso. Será?

Como funciona a dieta HCG:

Durante um período de até 6 semanas o indivíduo mantém uma dieta de baixo valor calórico (500 kcal/dia), juntamente com a administração diária de uma injeção intramuscular de um hormônio, o HCG.

O Dr. Albert Simeons acreditava que o HCG fazia com que os pacientes perdessem mais gordura do que músculos durante o processo, reduzindo principalmente as gorduras do abdômen, quadril e coxas, além de auxiliar na redução do apetite.

O que é HCG? 

HCG é a sigla em inglês de um hormônio conhecido como Gonadotrofina Coriônica Humana. Esse hormônio é produzido naturalmente pelo corpo humano durante a gestação e possui a função de manter o corpo lúteo no ovário durante o primeiro trimestre da gestação, fundamental para a manutenção da gravidez.

Essa dieta funciona?

Há diversos defensores da dieta HCG, inclusive médicos, e na internet é possível encontrar diversos relatos de indivíduos que fizeram a dieta, tiveram a perda de peso e por isso indicam para diversas pessoas, porém precisamos ser um pouco críticos em relação às informações que temos na internet.

A dieta leva a uma perda de peso? Sim, mas vários estudos científicos mostram que o hormônio HCG não provoca perda de peso e redistribuição de gordura, ou seja, o motivo da perda de peso não é o uso do hormônio, mas sim a baixa quantidade de calorias ingeridas diariamente!

Além disso, o Conselho Regional de Medicina (CRM) do Estado do Mato Grosso do Sul, bem como a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) lançaram parecer CONTRA a utilização do hormônio para fins de emagrecimento devido à falta de evidências científicas da eficácia para a perda de peso e pelos potenciais riscos para a saúde, como: dor de cabeça, depressão, irritabilidade, tromboembolismos arteriais ou venosos e hiperestimulação ovariana.

Na literatura também encontramos outros riscos da administração exógena de grandes quantidades do hormônio, como: risco para formação de leiomioma (tumor benigno da musculatura lisa, principalmente no útero), exacerbação da endometriose, risco de desenvolvimento de hiperplasia prostática (aumento da próstata) e câncer de próstata.

Portanto, reforçamos mais uma vez que dietas da moda não são o melhor caminho para uma perda de peso, pois elas geralmente levam a grandes restrições calóricas, nem sempre apresentam embasamento científico e não levam a MUDANÇA DE HÁBITOS podendo levar ao ganho de peso de maneira rápida novamente.

Procure um nutricionista e faça uma reeducação alimentar, esse é o melhor caminho para uma perda de peso saudável e duradoura!

Referências

CIÊNCIA DA NUTRIÇÃO. Dieta do HCG: Não faça! Disponível em: http://cienciadanutricao.blogspot.com.br/2014/04/dieta-do-hcg-nao-faca.html. Acesso em: 06/06/2017.

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL. O uso de HCG no tratamento de obesidade não é recomendado por não apresentar evidências científicas que corroborem a sua eficácia, bem como, trata-se de terapêutica com malefícios. Parecer CRM/MS, n. 4, 22 de fevereiro de 2013. Conselheira parecerista: Rosana Leite de Melo.

LIJESEN, G. K. S, et al. The effect of human chorionic gonadotropin (HCG) in the treatment of obesity by means of the Simeons therapy: a criteria-based meta-analysis. British Journal of Clinical Pharmacology, v. 40, p. 237-243, 1995.

LOVEJOY, J. C, SASAGAWA, M. An unfortunate resurgence of human chorionic gonadotropin use for weight loss. International Journal of Obesity, v. 36, p. 385-386, 2012.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ENDOCRINOLOGIA E METABOLOGIA. Posicionamento sobre a HCG. Disponível em: https://www.endocrino.org.br/posicionamento-sobre-hcg/

Isabela Costa Feitosa

Nutricionista | CRN 6-12899

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo desde 2011 e já atuou como nutricionista clínica no Hospital Igesp no período entre os anos de 2012 e 2013. Atualmente, é nutricionista na Energié, auxiliando colaboradores e gestores a terem melhor qualidade de vida por meio da reeducação alimentar.

Veja todos os posts de Isabela Costa Feitosa