Receita de Barra de Cereal Caseira saudável e deliciosa

barra de cereal caseira

A barra de cereal é um dos lanches mais práticos que existe! Sempre há uma próxima a você: na mochila, na bolsa, na gaveta, no bolso!
Ela ficou muito conhecida por ser um alimento saudável e rico em fibras, e além disso tudo, tem a tal da praticidade! Mas se existe uma coisa que devemos aprender é: se é muito prático e industrializado, duvide da qualidade nutricional!

Fique de olho na composição nutricional da Barra de cereal!

A composição nutricional da barra de cereal industrializada é muito variada, dependendo de cada marca. Mas de um modo geral elas são ricas em açúcares, algumas, também, contém muita gordura e sódio e muitas delas não têm fibra! Isso mesmo que você leu: algumas barras de cereais NÃO contêm fibra!

Como pode uma barra de cereal não conter fibra? Eu também me faço essa pergunta!

Então, a melhor opção que temos é fazermos a nossa própria barra de cereal caseira! Junto com a diversão de cozinhar, vem uma série de vantagens:

1ª: Satisfação em fazer nosso próprio alimento;
2ª: Podemos fazer com os cereais que mais gostamos;
3ª: Podemos inovar nos sabores;
4ª: Temos certeza que é saudável e;
5º: A qualidade é garantida!

E aí, vamos fazer nossa própria barra de cereal caseira?

Barra de cereal caseira de Aveia e Banana com Uva-passa

Ingredientes

  • 2 xícaras chá de aveia em flocos;
  • 2 claras;
  • 2 colheres de sopa de uva-passa cortada ao meio;
  • 1 banana madura amassada;
  • 2 colheres de sopa de mel.

Modo de preparo

  1. Coloque todos os ingredientes em um recipiente e misture.
  2. Unte uma forma e coloque a massa delicadamente sobre ela, espalhando com uma colher.
  3. Corte as barrinhas antes de levar ao forno.
  4. Coloque para assar em forno pré-aquecido (180ºC – 200ºC) por cerca de 15 a 20 minutos.
  5. Retire as barrinhas da forma somente quando estiverem frias. E bom apetite!

Rendimento: 12 barrinhas.

Priscila Tomaz Nutricionista

Priscila Tomaz

Nutricionista | CRN 9-12812

Apaixonada pela nutrição. Tem um brilho no olhar em poder ajudar as pessoas a melhorar a qualidade de vida e a alcançar seus objetivos. Tem para si que alimentar-se é mais que nutrir o corpo. É, também, relacionar-se com o emocional e o comportamental. Tem como objetivo mostrar que a nutrição não é um conjunto de regras com vários tabus e sim uma ciência que leva em consideração a pessoa como um todo, sua individualidade, sua personalidade, sua cultura. Que alimentar-se bem é simples e deve ser um prazer e não uma tortura ou terrorismo.

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Viçosa desde 2012 e pós-graduada em “Nutrição e exercícios aplicados à prevenção e ao tratamento de doenças” pela Universidade Estácio de Sá desde 2014.

Veja todos os posts de Priscila Tomaz