16 . mar . 2014 Maternidade  

9 Dicas para lidar com a Seletividade Alimentar infantil e incluir com sucesso novos alimentos na rotina do seu filho!

seletividade alimentar infantil

Seletividade alimentar infantil é hoje a principal queixa dos pais quando seus filhos começam a comer.

Confira 9 dicas para lidar com a Seletividade Alimentar infantil

  • Aceitar a recusa de seu filho por um alimento com paciência, respeito e compreensão, ao invés de adotar práticas punitivas que o pressionem a comer determinado alimento, podendo gerar um clima de caos na hora da refeição.
  • Tentar perceber se está sendo manipulada por seu filho, que, ao perceber sua angústia para que coma, praticamente fica com um “trunfo” nas mãos.
  • Acalmar-se e controlar seu nível de ansiedade.
  • Confiar em si! Você é a mãe e é quem pode conduzir melhor a situação!
  • Respeitar os horários das refeições e acostumar seu filho a comer nos lugares apropriados para isso.
  • Não se esqueça de que sua expressão facial estará sendo captada de forma exímia por seu filho. A expressão vale mais que mil palavras!
  • No primeiro momento você pode deixá-lo se divertir com pratos e copos coloridos. A aparência da comida também ajuda bastante, por isso, coloque em prática sua criatividade!
  • Não se preocupe com quanto seu filho come. A intenção com os primeiros alimentos é estimular o bebê a provar sabores e texturas diferentes e, se acostumar a pegar algo da colher e engolir.
  • No início ele come pouco – talvez 1 ou 2 colheres (sopa) de papinha. Com o tempo ele vai lhe mostrar de quanta comida precisa.

Com esses cuidados, essa fase de recusa alimentar tenderá a ser passageira e ajudará muito na estruturação da personalidade de seu filho.

Por Michele Chibior
Nutricionista | CRN8-6632