fbpx
12 . mar . 2016 Dicas para o dia a dia  Gestão de Tempo  

10 dicas certeiras para fazer boas escolhas no supermercado

10 dicas certeiras para fazer boas escolhas no supermercado

Ir ao supermercado faz parte da rotina de muitas pessoas e fazer as melhores escolhas é fundamental para ter um hábito de vida mais saudável! Porém essa tarefa não é tão fácil quanto parece. Quando chegamos lá, nos deparamos com diversos tipos de alimentos, marcas e muitas tentações, e fazer boas escolhas no supermercado se torna uma tarefa complicada.

Quer 10 dicas? Confira o vídeo, ou continue lendo o artigo mais para baixo!

Para facilitar um pouco as coisas, listei 10 dicas que irão lhe ajudar na hora de fazer boas escolhas no supermercado!

1. Faça um lanchinho!

Antes de ir ao supermercado faça um lanchinho em casa! Fazer mercado com fome é um perigo, você pode acabar comprando mais do que precisa.

2. Leve uma lista

Faça uma lista de compras! Isso lhe ajudará a ficar focada durante as compras, além de tornar a ida ao supermercado mais rápida, já que você só precisará passar nos corredores que possuem o que você precisa.

3. Leia os rótulos!

Fique atento aos rótulos dos alimentos! Isso evita que você caia nas “pegadinhas” das indústrias e acabe pagando mais caro por um produto que se diz uma coisa que não é! Lembrando que o primeiro ingrediente listado SEMPRE é o que tem em maior quantidade no alimento então, se você for comprar um pão integral, o primeiro ingrediente deverá ser farinha de trigo integral.

4. Confira a validade

Fique de olho na validade! Não leve alimento que está muito próximo da data de vencimento, pois você corre o risco de não conseguir usá-lo até a data. Além disso, também é importante verificar se as embalagens estão em bom estado de conservação, sem estarem rasgadas, amassadas, etc;

5. Compare os produtos

Compare os produtos! Mesmo sendo alimentos semelhantes, a diferença nutricional pode ser grande. Prefira aqueles que possuem menos açúcares, menos gordura saturada, menos sódio e seja isento de gordura trans. Prefira os que possuem maior quantidade de fibras.

6. Procure o mais simples

Quanto menos ingredientes, melhor! Fuja daqueles alimentos com lista de ingredientes enormes! Quanto mais simples for o alimento, melhor para a sua saúde.

7. Fuja dos industrializados

Evite comprar caldo de carne, sopas, molhos prontos e outros produtos industrializados (biscoitos recheados, macarrão instantâneo, achocolatados, etc). Apesar de facilitarem bastante nossas vidas, esses produtos possuem muito sódio, gordura e açúcares na sua composição. Além disso, evitar esses alimentos leva a uma redução no valor total da sua compra!

8. Busque a Qualidade Alimentar

Inclua nas suas compras:

  • Leites ou iogurtes desnatados ou semi-desnatados
  • queijos mais brancos (ricota, cottage ou queijo minas)
  • cereais integrais (arroz e pães integrais, aveia, linhaça, etc)
  • adoçantes naturais (stévia, agave azul, etc) ou algum açúcar de melhor qualidade (mascavo, demerara, orgânico ou mel) substituindo o açúcar branco
  • carnes magras (frango e peixe)
  • frutas e verduras frescas

9. Diet/Light são a melhor opção?

Analise os produtos diet e light antes de colocá-los no carrinho, nem sempre eles são as melhores opções, pois podem ser mais calóricos e mais gordurosos que a versão normal, além de serem mais caros.

Leia também DIET e LIGHT são sempre mais saudáveis?

10. Cuidado com as guloseimas!

Evite passar pelo corredor onde elas se encontram e cuidado com aquelas estrategicamente colocadas ao lado dos caixas!

E, agora, com todas essas dicas para fazer boas escolhas no supermercado, só me resta desejar a você Boas compras! 😉

Isabela Costa Feitosa

Nutricionista | CRN 6-12899

“O impacto que a alimentação tem na vida das pessoas é enorme, e por isso, ser nutricionista é um trabalho prazeroso e ao mesmo tempo desafiador. Acredito numa alimentação sem modismos e sem restrições, buscando o prazer em se alimentar com comida de verdade e com moderação!”

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo (2011), pós-graduada em Nutrição Clínica, Metabolismo e Terapia Nutricional pela Estácio de Sá (2014).

Veja todos os posts de Isabela Costa Feitosa