08 . out . 2018 Rotina Alimentar  

Dicas práticas no trabalho: 7 dicas para manter uma alimentação saudável fazendo home office

7 dicas para manter uma alimentação saudável fazendo home office

Home office é tendência. Se você entrou na onda, e encontrou dificuldades de manter uma alimentação saudável fazendo home office, esse artigo é para você!

No Brasil e no mundo, cada vez mais empresas estão dando a oportunidade a seus funcionários de trabalhar em casa (ou qualquer outro lugar que não seja a empresa). E essa ideia vem fazendo a cabeça dos colaboradores: uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria mostrou que 81% deles gostariam de ter flexibilidade no local de trabalho, ou seja, poder trabalhar de casa, de um coworking ou até de outra cidade.

A modernização das empresas facilita essa nova dinâmica de trabalho: basta um computador com acesso à internet e praticamente todas as atividades podem ser realizadas de qualquer lugar do mundo. Com isso, grandes corporações têm possibilitado o home office para seus colaboradores uma ou duas vezes na semana.

Benefícios do home office

Os benefícios dessa prática para a empresa vão desde maior economia, já que a sede da empresa pode ser reduzida e existirão menos gastos para mantê-la, até possibilidade de contratar talentos que moram em outra cidade.

E para o colaborador? Quais as vantagens de fazer home office?

  • Ambiente de trabalho mais silencioso
  • Economia de tempo que normalmente seria gasto no trânsito
  • Maior produtividade, sem tempo “perdido” para bater papo com colegas
  • Flexibilização do horário de trabalho
  • Mais tempo com a família, inclusive nas refeições

Os desafios do Home Office

Mas nem tudo são flores nesse novo modelo de trabalho: é preciso ter um ambiente adequado para as atividades e, especialmente se há convivência com mais pessoas em casa, é imprescindível que ele seja isolado, para evitar distrações e interrupções. A família precisa entender que ter o profissional em casa não significa que ele pode dar atenção para os filhos como se fosse um dia de folga.

Uma queixa comum que ouço desses pacientes no consultório é em relação à alimentação nos dias trabalhados de casa. Com uma infinidade de alimentos no armário e mais a possibilidade de comer a qualquer hora, sem chefe observando, é fácil se perder na alimentação saudável.

Mas como manter o foco no trabalho e na reeducação alimentar ao mesmo tempo? Separei aqui 7 dicas simples que costumo das para os pacientes que passam pela situação acima!

7 dicas para manter uma alimentação saudável fazendo home office

1. Mantenha a fruteira abastecida

Frutas sempre serão um ótimo lanche, então garanta uma boa variedade em casa. Procure complementar com iogurte natural e aveia para dar mais saciedade.

2. Água sempre a postos.

Se no trabalho você tem uma garrafinha, providencie uma para deixar em casa também. Ou pode ser uma jarra de água saborizada, que tal? O importante é manter a hidratação.

3. Determine horários para as refeições

Assim como quando está na empresa, mantenha suas pausas para almoço e lanches no mesmo horário. Se você é daqueles que esquece de comer, programe o despertador!

4. Almoce!

Prepare o almoço no dia anterior, se não quiser demorar muito na cozinha. Ou faça algo rápido: uma omelete com vegetais e uma batata doce cozida podem ser uma boa refeição. Enquanto a batata cozinha (pode ser com casca, só lave bem) você corta os vegetais, bate os ovos e joga tudo na frigideira!

5. Nada de besteirinhas no armário!

Evite comprar bolachas, doces e salgadinhos para fazer estoque. O consumo eventual desses alimentos dificilmente será um problema, mas tê-los em casa para quando “der vontade” pode fazer você atacar o armário justamente no dia em que trabalha de casa sem ninguém olhando.

6. Faça um bom lanche da tarde.

Aproveite esse dia para variar sua alimentação e comer algo que não costuma levar para o trabalho: pode ser uma crepioca, uma panqueca de banana e aveia, uma vitamina de frutas…

7. Faça pausas.

Não só para comer, mas também para descansar um pouco a cabeça. Respeite seu intervalo de almoço, nada de comer correndo para voltar para frente do computador, ok?

Aproveite as dicas, alcance uma alimentação saudável fazendo home office e desfrute dos benefícios dessa prática!

Referências

ANTUNES, Leda. Com nova lei, mais empresas aderem ao home office. Revista Veja, 2018. Disponível em <https://veja.abril.com.br/especiais/com-nova-lei-mais-empresas-aderem-ao-home-office/>. Acesso em 10 set 2018.

TIEGHI, Ana Luiza; REIS, Fernanda. Home office é saída para ganhar tempo. Folha de São Paulo, 2018. Disponível em <https://www1.folha.uol.com.br/sobretudo/carreiras/2018/02/1955266-home-office-e-saida-para-ganhar-tempo.shtml>. Acesso em 10 set 2018.

Brasileiros desejam maior flexibilidade no mercado de trabalho. Portal da Indústria, 2017. Disponível em < http://www.portaldaindustria.com.br/estatisticas/rsb-37-flexibilidade/>. Acesso em 10 set 2018.

http://economia.ig.com.br/2017-11-13/home-office-brasil.html

http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI318576-17770,00-TRABALHAR+DE+CASA+AUMENTA+A+PRODUTIVIDADE+APONTA+PESQUISA.html

https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,a-produtividade-no-home-office,10000065182

https://www1.folha.uol.com.br/sobretudo/carreiras/2018/06/1970645-nas-empresas-crise-funcionou-como-um-teste-de-flexibilizacao-do-trabalho.shtml

https://www.randstad.com.br/tendencias360/arquivo/5-principais-mudancas-da-nova-lei-trabalhista_93/

http://adorohomeoffice.com.br/2017/11/16/home-office-e-opcao-para-55-dos-trabalhadores-corporativos-no-brasil/

Natali Carol Fritzen

Nutricionista | CRN 8-8434

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2012, Natali procura impactar a vida de pessoas por meio de sua profissão. Já realizou residência multiprofissional em Atenção Hospitalar na área de concentração Saúde do Adulto e do Idoso no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 2015. Tem pós-graduação em Nutrição Esportiva pela Universidade Positivo (2017).

Veja todos os posts de Natali Carol Fritzen