04 . jul . 2018 Vitaminas e Minerais  

Alimentos que ajudam na cicatrização e que fazem diferença na sua recuperação

Alimentos que ajudam na cicatrização e que fazem diferença na sua recuperação

Você já parou para pensar que nutrição envolve muito mais do que engordar e emagrecer? Nutrição envolve, acima de tudo, fornecer nutrientes para o bom funcionamento do organismo. É promover saúde, prevenir doenças e um dos pilares para recuperar o corpo em casos de enfermidades, juntamente com outras terapias. E o post de hoje é para falar de um processo do nosso corpo que tem mais a ver com alimentação do que você pensa: a cicatrização, e os alimentos que ajudam na cicatrização.

O complexo processo de cicatrização

Seja por causa de um corte com faca no dedo ou uma grande cirurgia, o corpo precisa desencadear um intenso processo de regeneração dos tecidos musculares e da pele.

Para que esse processo ocorra da melhor forma a fim de proteger o quanto antes nosso corpo de infecções, o processo de cicatrização precisa ser eficaz. Para que ele aconteça, vários nutrientes são essenciais.

Vamos conhecer quais os nutrientes essenciais e os alimentos que ajudam na cicatrização?

Proteínas

Proteínas são necessárias para:

  • a formação de colágeno
  • produção de linfócitos – nossas células de defesa contra infecções
  • produção de fatores de coagulação – já pensou se um corte não parasse de sangrar nunca?
  • revascularização.

Alimentos fonte de Proteínas: carnes, ovos, laticínios e leguminosas.

Carboidratos

Eles são fontes de energia para as células, especialmente fibroblastos, que são as células que sintetizam o colágeno.

Alimentos fonte de Carboidratos: arroz, batatas, frutas, por exemplo.

Entre as vitaminas, várias estão envolvidas na produção de colágeno e no processo de cicatrização, vamos conhecer algumas delas?

  • Vitamina A: Encontrada em peixes, leite, queijo, gema de ovo, folhas verdes escuras e cenoura.
  • Vitaminas do complexo B (B1, B2 e B6): encontradas em cereais, laticínios e carnes.
  • Vitamina C: também tem ação antioxidante e ajuda a regenerar os tecidos. Fontes: frutas cítricas, como laranja, kiwi, abacaxi, tangerina.

E outras vitaminas são essenciais para o processo de coagulação sanguínea.

  • Vitamina E: encontrada no azeite, nozes, milho, palma, amendoim, sementes de girassol e amêndoas
  • Vitamina K: essencial para o processo de coagulação sanguínea. Fontes: vegetais verde escuros e fígado.

Entre os minerais que ajudam na cicatrização, os principais são:

Ferro: responsável pelo transporte de oxigênio para o local da ferida. Conheça os alimentos fonte de ferro!

Zinco: presente em inúmeros processos que promovem a síntese de proteínas e ajudam a reconstruir os tecidos. Os principais alimentos fontes de zinco são carnes vermelhas, peixes, aves, fígado, leite e derivados, cereais integrais e ovos.

Os Alimentos que ajudam na cicatrização fazem muita diferença na sua recuperação

Viu só? Uma boa alimentação faz muita diferença no processo de cicatrização.

Vai realizar uma cirurgia? Fique atento a sua alimentação desde antes do procedimento.

Um bom suporte de nutrientes no pré-operatório vai te dar uma boa reserva de macro e micronutrientes para uma recuperação mais rápida.

E, após a cirurgia, tente manter uma alimentação equilibrada e variada. Muitas vezes priorizamos alimentos fontes de carboidratos, como pães, tubérculos e massas, pois são mais fáceis de digerir enquanto estamos debilitados, mas fontes de proteínas são tão importantes quanto.

Por outro lado, alguns alimentos podem dificultar a cicatrização e devem ser evitados no período pós-cirúrgico!

  • Camarão: o que parecia um dito popular, pode ser verdade sim! Segundo a cultura popular, os crustáceos dificultam a cicatrização da pele e um estudo recente mostrou que eles podem interferir negativamente. Então, não custa evitar, não é?
  • Alimentos ultraprocessados/industrializados: por conterem excesso de açúcar, gorduras trans e gorduras saturadas, muitos alimentos ultraprocessados são inflamatórios, o que dificulta o processo de regeneração dos tecidos.
  • Alimentos ricos em sódio: favorecem inchaço (retenção de líquido) e dificultam a cicatrização. Alimentos em conserva, embutidos, temperos prontos industrializados e salgadinhos são exemplo de alimentos que devem ser evitados.

Se sentir que está com dificuldade na alimentação após a cirurgia, procure orientação nutricional para saber como consumir tudo que precisa da melhor forma para você!

Referências

BORGES, Elizabeth Lage et al . Shrimp diet and skin healing strength in rats. Rev. Nutr., Campinas , v. 20, n. 3, p. 257-263, June 2007

MONTENEGRO, Susana. Proteína e cicatrização de feridas. Nutrícias, Porto , n. 14, p. 27-30, set. 2012

OLIVEIRA, Karina Díaz Leyva de; HAACK, Adriana; FORTES, Renata Costa. Terapia nutricional na lesão por pressão: revisão sistemática. Rev. bras. geriatr. gerontol., Rio de Janeiro , v. 20, n. 4, p. 562-570, ago. 2017

Natali Carol Fritzen

Nutricionista | CRN 8-8434

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2012, Natali procura impactar a vida de pessoas por meio de sua profissão. Já realizou residência multiprofissional em Atenção Hospitalar na área de concentração Saúde do Adulto e do Idoso no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 2015.

Veja todos os posts de Natali Carol Fritzen