Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo!

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo!

Você ganhou “grãos” de kefir e não sabe o que fazer com eles? Vem cá que a gente traz o passo a passo para você aprender a cuidar do Kefir de leite e se beneficiar dessa bebida super saudável!

O que é o Kefir?

Kefir é um leite fermentado ácido produzido a partir de uma suspensão de microorganismos formado por um grande número de cepas (“tipos”) de bactérias. Parece esquisito, eu sei.

Mas acredite: os benefícios são inúmeros!

A bebida ajuda a:

  • regular o intestino e mantê-lo saudável;
  • reduzir sintomas de intolerância à lactose;
  • melhorar a imunidade;
  • e tem até ação na prevenção de câncer.

Leia também: Você sabia que o intestino é considerado nosso segundo cérebro?

A fama do kefir não é de hoje: ele é originário das montanhas do Cáucaso, havendo citações místicas de que seria “um presente do profeta Maomé ao seu povo, para a cura de todos os males”. Em eslavo, Kephir significa “bem-estar”. Interessante, não é?

Mas como é esse Kefir e onde posso comprar?

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Grãos de Kefir

A aparência dele não é das mais bonitinhas, confesso. Parecem vários grãos esbranquiçados e gelatinosos e, quando misturados com leite e deixados em temperatura ambiente por cerca de 24 horas, fazem a fermentação da lactose do leite e a transformam em ácido lático, fazendo com que o leite fique levemente azedo, parecendo um iogurte.

No Brasil, não há kefir à venda. Culturalmente, ele é doado de pessoa para pessoa, já que os “grãos” se multiplicam e podem ser divididos. Se você não conhece ninguém que tem para te doar, pode procurar em redes sociais ou na internet: há vários grupos de doações de “grãos” kefir no país inteiro!

Se você acabou de receber uma doação de kefir e está completamente perdido sobre os cuidados com os seus “grãos”, vem que a gente te ensina o passo a passo dos cuidados para ter essa bebida saudável, barata e gostosa!

Passo a passo para cuidar do Kefir de Leite

Passo 1: Separe os “Grãos” de kefir. Se eles já estiverem no leite, passe para o passo 6.

Passo 2: Coloque os “grãos” em um recipiente de vidro bem lavado.

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Passo 2

Passo 3: Adicione leite integral (pode ser semidesnatado ou desnatado também, só não pode ser leite sem lactose, já que a lactose é o alimento para os microorganismos, tá?).

A quantidade é mais ou menos 1 colher de sopa de grãos para cada 400 ml de leite.

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Passo 3

Passo 4: Tampe o recipiente com um papel toalha e prenda com um elástico. Pode usar também um pano bem fininho. O importante é que o vidro não fique completamente fechado.

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Passo 4

Passo 5: Guarde em local arejado. Jamais leve para a geladeira! Para que a fermentação ocorra, é necessário que o kefir fique em temperatura ambiente (aproximadamente 20-25°C).

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Passo 5

Passo 6: Depois de 24 horas*, é só coar o seu kefir, separando o leite fermentado dos “grãos”. Use uma peneira fina e lembre-se de lavá-la muito bem depois!
*se preferir, pode deixar fermentando por até 48 horas. Quando mais tempo, mais azedo será o kefir.

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Passo 6.1Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Passo 6.2Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Passo 6.3

Passo 7: Lave os “grãos” em água filtrada e recomece o processo, conforme o passo 1.

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Passo 6.4

Passo 8: Depois de pronto, consuma o seu kefir imediatamente ou guarde na geladeira por 2 dias.

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Passo 8

Curiosidades sobre o Kefir

  • Uma vez que os microorganismos consomem a lactose do leite para fazer a fermentação, o kefir é uma bebida que geralmente não causa desconforto em pessoas que tem intolerância leve à lactose.
  • Em dias quentes a fermentação ocorre mais rápido, enquanto no inverno pode demorar mais.
  • Na hora de coar, você pode perceber uma separação entre o leite e o soro. Isso é normal, é só misturar bem antes de coar.
  • Você vai perceber que, aos poucos, a quantidade de grãos vai aumentando. Esse é o momento de doar para conhecidos que queriam apreciar o kefir também!

E se eu for viajar por uns dias, o que faço com o kefir?

Depende! Se a viagem durar até 10 dias, você pode colocá-lo no leite normalmente e deixar na geladeira por esse período. Voltando de viagem, descarte esse leite e recomece o processo. Você pode também coar e consumir, depende da sua preferência, quanto mais dias, mais azedo ele ficará.

Se a viagem durar mais de 10 dias, o ideal é congelar os grãos. Escolha um pote ou saco plástico limpo, coloque os grãos dentro, sem leite, e deixe no congelador pelo tempo que quiser. Quando quiser retomar a produção de kefir, tire do congelador, adicione leite e deixe na geladeira por 1 dia, antes de deixar novamente em temperatura ambiente. No caso do congelamento, a produção de kefir demora um pouco para voltar ao que era antes, então talvez nos primeiros 2 ou 3 dias você precise jogar fora o leite fermentado.

E de quais formas podemos consumir o kefir?

Há várias formas de consumi-lo:

➜ Puro

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Kefir de Leite Puro

 

➜ Iogurte grego

Aprenda a cuidar do Kefir de leite: passo a passo! - Iogurte Grego

Você pode colocar o líquido em um coador de papel (desses de café) e dessorar por 8 horas. O líquido obtido (soro) pode ser consumido ou descartado, enquanto o conteúdo que ficar no coador vai ser denso e parecido com iogurte grego.

➜ Cream Cheese

Repita o processo do iogurte grego, mas deixe dessorando por 12 horas. Assim, terá um kefir na consistência de cream cheese. Você pode temperar com ervas e usar para passar no pão.

➜ Usá-lo em receitas conforme sua imaginação

Pães, nhoque, bolos e purês podem ser feitos utilizando kefir como ingrediente, para aumentar o valor nutricional. Use a criatividade!

E agora que você já aprendeu a cuidar do seu kefir de leite passo-a-passo, conta pra gente quais receitas você vai inventar!

Referências

DIAS, Priscila Alves et al. Propriedades antimicrobianas do kefir. Arq. Inst. Biol., São Paulo, v. 83, e0762013, 2016.

DINIZ, R.O. et al. Atividade antiinflamatória de quefir, um probiótico da medicina popular. Rev. bras. farmacogn.  Maringá ,  v. 13, supl. 1, p. 19-21,    2003

LEITE, Analy Machado de Oliveira et al. Microbiological, technological and therapeutic properties of kefir: a natural probiotic beverage. Braz. J. Microbiol.  São Paulo, v. 44, n. 2, p. 341-349, 2013.

MAGALHAES, Karina Teixeira et al. Brazilian kefir: structure, microbial communities and chemical composition. Braz. J. Microbiol.  São Paulo ,  v. 42, n. 2, p. 693-702,  June  2011.

Natali Carol Fritzen

Nutricionista | CRN 8-8434

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2012, Natali procura impactar a vida de pessoas por meio de sua profissão. Já realizou residência multiprofissional em Atenção Hospitalar na área de concentração Saúde do Adulto e do Idoso no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 2015. Tem pós-graduação em Nutrição Esportiva pela Universidade Positivo (2017).

Veja todos os posts de Natali Carol Fritzen