06 . jan . 2016 Bem Estar  Mudança de Hábitos  

Crie objetivos e monte suas metas para reeducação alimentar hoje!

metas para reeducação alimentar

Sempre que um novo ano chega é o momento de pararmos e refletirmos sobre o ano que passou e verificar o que poderíamos ter feito melhor. Junto com janeiro, sempre chegam novos objetivos, não é mesmo? Então, para você que deseja melhorar sua alimentação, perder peso, ganhar, etc, o início do ano é um ótimo momento para iniciarmos mudanças e nós vamos te ajudar a criar objetivos e montar suas metas para reeducação alimentar!

DEFINA SEU OBJETIVO

Comece definindo qual é o seu objetivo a longo prazo (exemplo: eliminar 20 kg). Esse será seu objetivo final.

Pense no motivo de você querer mudar! Você realmente está querendo mudar ou os outros que desejam que você mude? O que essas mudanças trarão para sua vida? Esse pensamento lhe ajudará a se manter mais focada.

Após deixar bem claro na sua mente seus objetivos é hora se organizar para alcançá-los!

CRIANDO METAS PARA REEDUCAÇÃO ALIMENTAR

Para alcançar seus objetivos é muito importante que você distribua suas metas a longo prazo em metas a curto prazo, ou seja, metas que possam ser cumpridas mais rapidamente e que lhe ajudarão a chegar ao seu objetivo final!

Inicie fazendo um levantamento de como está sua rotina alimentar

  • Quantas vezes você toma refrigerante, come doces, fast foods, produtos industrializados, etc, durante a semana?
  • Como está sua ingestão de frutas, verduras e legumes?
  • Suas preparações, na maioria das vezes, são fritas, assadas, grelhadas ou cozidas?
  • Você consome produtos integrais? Já experimentou?

Após esse levantamento, você terá uma visão geral de como está sua alimentação hoje e já terá uma ideia dos pontos que devem ser melhorados.

PASSO A PASSO PARA INICIAR SUA REEDUCAÇÃO ALIMENTAR

  1. Escreva num papel seu objetivo final e em quanto tempo pretende alcançá-lo (exemplo: Eliminar 20 kg em 1 ano);
  2. Trace metas a curto prazo para conseguir alcançar seu objetivo final (Exemplo: Comer de 3 em 3 horas, trocar pão francês por pão integral, iniciar atividade física, etc)
  3. Conforme você for conseguindo cumprir as metas, vá elaborando outras. Caso não tenha conseguido alguma, persista nela até cumpri-la;
  4. É importante não retirar do seu dia-a-dia todos os alimentos que lhe dão prazer de uma vez, um processo muito restritivo pode desencadear uma compulsão alimentar. Inicie reduzindo aos poucos aqueles alimentos que são muito consumidos durante a semana e que você sabe que deve evitá-los (Exemplo: Refrigerante 5x/semana, reduzir para 3x/semana e posteriormente 1x/semana);
  5. Pegue receitas que você gosta e tente substituir por ingredientes mais saudáveis;
  6. Coma devagar, em ambiente tranquilo e mastigue bem os alimentos;
  7. Quando você sentir vontade de comer verifique se é mesmo de comida que você precisa ou se é de algum outro “preenchimento”. Não se recompense através dos alimentos! Procure alguma atividade que lhe dê prazer como assistir a um filme, ler um livro, etc.
  8. Exercite a paciência para atingir os resultados, lembre-se que para chegar ao seu objetivo é necessário subir um degrau de cada vez!
  9. Não confunda um deslize com um fracasso, lembre-se dos seus objetivos e continue seguindo suas metas;
  10. Evite ficar se pesando todos os dias, isso irá causar mais ansiedade. Escolha apenas 1 dia no mês para fazer sua pesagem;
  11. Não conseguiu alcançar a meta? Não desista! Tente procurar pequenas falhas que podem ter lhe atrapalhado e lembre-se do motivo de ter iniciado todo esse processo.
  12. Reconheça os pensamentos sabotadores que vêm na sua cabeça – “Hoje posso comer porque estou de TPM”, “Hoje posso comer porque vou pra academia”, “Hoje posso comer porque é sexta” – Esses pensamentos podem lhe atrapalhar para chegar aos seus objetivos;
  13. Esqueça aquela famosa frase: “Na segunda eu começo”, inicie HOJE, tire suas metas do papel e lembre-se que toda mudança só depende de você!

Enfim, mudar hábitos não é nem um pouco fácil, é um processo devagar e contínuo, então não será do dia pra noite que nós mudaremos tudo o que há de errado!

Por isso é muito importante que você tenha sempre em mente seus objetivos e pense que no final valerá a pena, esse esforço será convertido em saúde, disposição e muita satisfação por ter superado suas expectativas e os diversos obstáculos que apareceram no caminho!

Procure um nutricionista para lhe ajudar nesse processo de mudança de hábitos!

Isabela Costa Feitosa

Nutricionista | CRN 6-12899

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo desde 2011 e já atuou como nutricionista clínica no Hospital Igesp no período entre os anos de 2012 e 2013. Atualmente, é nutricionista na Energié, auxiliando colaboradores e gestores a terem melhor qualidade de vida por meio da reeducação alimentar.

Veja todos os posts de Isabela Costa Feitosa