26 . set . 2017 Vegetarianismo  

Cogumelo não é fonte de proteína, você sabia?

cogumelo não é fonte de proteína

Cogumelo é o nome comum dado às frutificações de alguns fungos. Eles são datados de muitos anos atrás e já foram utilizados para as mais diferentes finalidades, além da alimentação. Os egípcios acreditavam que os cogumelos eram um presente do deus Osíris; os romanos que eram um alimento divino; para os chineses os cogumelos eram considerados “elixir da vida”; os índios mexicanos os utilizavam como alucinógenos e em rituais religiosos e feitiçarias. Além disso, ele era utilizado de forma medicinal por algumas culturas.

Tipos de Cogumelo

Algumas espécies de cogumelo são venenosas e outras alucinógenas, mas a maioria é comestível, sendo que as variedades mais saborosas não passam de 20 espécies. No Brasil as três espécies mais habitualmente cultivadas e consumidas são a A.–bisporus, conhecido como champignon Paris; L. edodes, conhecido como shiitake; e Pleurotus, conhecido como shimeji.

Os cogumelos são compostos principalmente por água, carboidratos, fibras e proteína, e possuem grande valor nutricional. Porém, o valor nutricional dos cogumelos varia em função da espécie, da linhagem cultivada, do processamento após colheita, do estágio de desenvolvimento e do tipo de substrato de cultivo utilizado. Dentre os muitos fatores que podem influenciar o valor proteico dos cogumelos, o mais importante talvez seja o substrato no qual ele é cultivado.

  • O Champignon de Paris foi a primeira espécie a ser cultivada no Brasil e é a espécie mais cultivada no mundo.
  • O Shiitake é o segundo cogumelo mais consumido no mundo e na literatura são citados aspectos medicinais e terapêuticos do shiitake, devido a um grande número de compostos biologicamente ativos que já foram isolados e purificados.
  • E o Shimeji foi descoberto no Brasil e tem sido utilizado em forma de chás, cápsulas e também como alimento para prevenção de câncer, doenças do aparelho circulatório, digestivo e urinário.

Em base seca (desidratado), os cogumelos constituem um alimento com um bom valor nutritivo. Os carboidratos variam de 54 a 69% da sua composição; as proteínas de 19 a 28%; lipídios de 4 a 5% e fibras de 20 a 39%. Além de diversas vitaminas e minerais.

Mas devemos ficar atento, pois é muito falado que eles são fontes de proteínas.

O cogumelo não é fonte de proteína não! Por que?

O que é um alimento fonte?

Segundo a RDC Nº 54, de 12 de novembro de 2012, um alimento é considerado fonte de proteína se ele tiver o mínimo de 6 g de proteínas por 100 g ou 100 ml ou por porção.

Sendo assim, os cogumelos só seriam fonte de proteína se considerarmos os mesmos desidratados, caso contrário eles não são, como podemos ver na tabela a baixo. Em base úmida (como normalmente ingerimos) os cogumelos apresentam uma média de:

  • 5,6% de carboidrato;
  • 2,9% de proteína;
  • 0,42% de lipídios;
  • 2% de fibras.

Tabela Composição Nutricional dos Cogumelos - Champignon - cogumelo não é fonte de proteína

Ahhh nutri, já que o cogumelo não é fonte de proteína, vou tirar ele da minha dieta…

Não precisa deixar ele de lado não! O cogumelo é um alimento nutritivo, o shiitake e o shimeji são fontes de fibra, além de todos eles serem ricos em vitaminas e minerais, principalmente B1, B2, B9, fósforo e vitamina C! O que não podemos é considera-los uma fonte de proteína!

Quais alimentos são fontes de proteína?

Como excelentes fontes de proteínas temos as carnes, peixes, aves e ovos, além das leguminosas (feijão, lentilha, soja e grão de bico) e do leite e derivados! Então, vegetarianos não se preocupem, temos fontes de proteína que excluem carne!

Conheça um pouco mais sobre os alimentos importantes em uma dieta vegetariana: Conheça a Pirâmide Alimentar Vegetariana.

E além do valor nutricional, pesquisas tem demonstrado que algumas espécies de cogumelo agem fortalecendo o nosso sistema imunológico!

Por isso, lembre-se sempre: temos que considerar o alimento como um todo. Ele não é um único nutriente!

Referências

Cogumelos comestíveis: valor nutricional. Disponível em: http://www.nutricaoempauta.com.br/lista_artigo.php?cod=1274. Acesso em: 18 de agosto de 2017.

Furlani, Regina Prado Zanes; GODOY, Helena Teixeira. Valor nutricional de cogumelos comestíveis. Ciênc. Tecnol. Aliment.,  Campinas ,  v. 27, n. 1, p. 154-157,  Mar.  2007 .

Furlani, RPZ; Godoy, HT. Valor nutricional de cogumelos comestíveis: uma revisão. Rev Inst Adolfo Lutz, 64(2):149-154,2005.

Milena, A. Fungos – Benefícios terapêuticos dos cogumelos. Disponível em: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/biologia/fungos-beneficios-terapeuticos-dos-cogumelos/56014. Acesso em:

Netto, C.G. Pesquisa determina valor nutricional de Cogumelo. Disponível em:http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/jornalPDF/ju277pag11.pdf. Acesso em: 21 de agosto de 2017.

RDC Nº 54, 12 de novembro de 2012. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/%2033880/2568070/rdc0054_12_11_2012.pdf/c5ac23fd-974e-4f2c-9fbc-48f7e0a31864. Acesso em: 21 de agosto de 2017.

Tabela Nutricional do champignon e shimeji. Disponível em: https://www.fatsecret.com.br/. Acesso em: 21 de agosto de 2017.

Tabela nutricional do Shiitaki. Disponível em: http://www.dietaesaude.com.br/dietas/alimentos/busca?q=shimeji. Acesso em: 21 de agosto de 2017.

Priscila Tomaz Nutricionista

Priscila Tomaz

Nutricionista | CRN 9-12812

Apaixonada pela nutrição. Tem um brilho no olhar em poder ajudar as pessoas a melhorar a qualidade de vida e a alcançar seus objetivos. Tem para si que alimentar-se é mais que nutrir o corpo. É, também, relacionar-se com o emocional e o comportamental. Tem como objetivo mostrar que a nutrição não é um conjunto de regras com vários tabus e sim uma ciência que leva em consideração a pessoa como um todo, sua individualidade, sua personalidade, sua cultura. Que alimentar-se bem é simples e deve ser um prazer e não uma tortura ou terrorismo.

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Viçosa desde 2012 e pós-graduada em “Nutrição e exercícios aplicados à prevenção e ao tratamento de doenças” pela Universidade Estácio de Sá desde 2014.

Veja todos os posts de Priscila Tomaz