27 . jun . 2017 Atividade Física  Atividade Física  Bem Estar  

Correr é contagioso, então, corra!

corrida

Você pratica algum esporte? Costuma correr? Aliás, começou a correr por qual motivo? Você sabia que a corrida pode ser contagiosa? Um novo estudo sugere que a prática de correr pode ser bastante contagiosa entre grupos e comunidades.

Há quem tenha começado a correr por orientação médica ou por iniciativa própria. Sabemos que se exercitar é importante para o corpo, para saúde e para a mente e é bem comum ouvirmos de histórias de que alguém começou a correr por influência/incentivo de outras pessoas, como parentes, amigos, etc. e que se encantaram com a corrida, não conseguindo mais parar de correr.

O fato é que agora essa hipótese de que correr é contagioso teve comprovação científica!

Como foi o estudo?

Um estudo publicado na revista Nature Communications concluiu que em grupos onde alguém começa a correr, há a tendência para que outros sigam a prática.

Pesquisadores norte-americanos coletaram informações cedidas por uma empresa de exercícios que acompanha os hábitos diários de corrida de seus 1,1 milhões de usuários que correram 359 milhões de km e que exibiram essas corridas digitalmente em uma rede social global de corredores durante um período de cinco anos. Os dados incluíam distância, duração, ritmo e calorias queimadas diariamente pelos corredores. Os dados foram registrados por rastreadores de exercícios digitais.

Eles também coletaram outras informações a respeito dos hábitos destes corredores, incluindo sua interação social dentro do aplicativo e com quem eles trocavam informações sobre suas práticas. Os pesquisadores queriam ver se havia uma influência social causal. Em outras palavras, descobrir se os hábitos de um influenciavam nos hábitos do outro.

O que os pesquisadores descobriram?

Foi descoberto que, em média, um quilômetro adicional corrido por amigos no mesmo dia pode inspirar alguém a correr 0,3 km adicionais. Um tempo adicional de 10 minutos corrido por amigos pode motivar alguém a correr mais três minutos. Uma queima calórica adicional de 10 kcal de amigos pode influenciar um par a queimar 3,5 kcal adicionais.

Corredores menos ativos incentivam corredores mais ativos, mas não o contrário, observam os pesquisadores. O gênero também importa: o contágio foi mais pronunciando entre homens. Descobriu-se que os homens influenciam outros homens a correr mais longe e mais rápido.

Resultados alcançados!

Os resultados apoiam a ideia de que as redes sociais podem influenciar o comportamento.

“Hoje estamos inundados com sinais sociais digitais em plataformas como Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat e outros. Essas tecnologias estão amplificando a interdependência de nossos comportamentos em saúde, nossos padrões de consumo, e padrões de voto, dentre outros”, concluem os autores.

“Há 10 ou 15 anos nenhuma dessas tecnologias sequer existia. Essas plataformas podem estar tendo um impacto muito significativo na evolução humana e precisamos de mais pesquisas para avaliar como, pois, estamos analisando apenas a superfície do assunto”, acrescentam.

Muito mais pesquisas serão necessárias para descobrir se essas mesmas tendências comportamentais se repetem em outros grupos de corredores e não-corredores. Mas, por enquanto, é seguro dizer que se você está tentando voltar seu hábito de corrida, ou tentando começar, ter um amigo de treino pode não ser uma má ideia.

Correr é contagioso! Então, corra! 😉

Referências

Aral S, Nicolaides C. Exercise contagion in a global social network. Nat Commun. 2017; 8:147-53.

Mirelli Dantas Andrade

Nutricionista | CRN 3-41051

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo desde 2013, especializada em Nutrição Esportiva pela Faculdade Integrada AVM desde 2015 e em Informática em Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) desde 2016. Possui aprimoramento profissional em nutrição clínica pela Faculdade de Saúde Pública – USP. Atua como consultora de Nutrição, oferecendo hábitos mais saudáveis para que a qualidade de vida e produtividade seja prioridade para empresários.

Veja todos os posts de Mirelli Dantas Andrade