27 . jan . 2017 Atividade Física  Suplementação  

Suplementos Pré-Treino: devo tomar?

suplementos pré-treino

Você já ouviu falar de suplementos pré-treino? Como o nome diz, são suplementos criados para serem utilizados antes do treino, com a finalidade de dar mais energia e melhorar o rendimento do exercício.

Do que os suplementos pré-treino são compostos?

Os chamados “pré-treino” não são uma classe de suplementos reconhecidos pela ANVISA, portanto não há uma composição específica que devem seguir. Geralmente contém substâncias que estimulam o sistema nervoso central, como cafeína e taurina, que deixa o indivíduo em estado de alerta e dão mais disposição. Além disso, podem ser adicionados de outros nutrientes. Veja os principais componentes abaixo.

Cafeína

A cafeína tem efeito estimulante do sistema nervoso central, do músculo cardíaco e dos músculos esqueléticos. Ela pode aumentar a queima de gordura, por isso é tão usada antes do exercício físico. No entanto, para pessoas já adaptadas a alimentos ricos em cafeína, como café, chocolate, alguns chás e refrigerantes, podem não sentir os efeitos. A dose máxima diária é de 420mg.

Taurina

É um aminoácido que o nosso corpo é capaz de produzir e tem a função de equilibrar água e sais minerais do sangue. Nos suplementos, ela é utilizada com a finalidade de melhorar o desempenho físico, melhorando também o metabolismo da glicose. Ainda não há muitas evidências sobre seu efeito.

Creatina

É uma proteína produzida no nosso corpo e que também ingerimos através de carnes e peixes. Ela é a fonte de energia mais importante nos primeiros 10 segundos de um exercício de força. Imagine que você vai fazer 10 repetições de um exercício na academia. As primeiras repetições são tranquilas, mas quando vai chegando perto da décima, fica cada vez mais difícil, não é? Isso porque em cerca de 10 segundos a creatina acaba, e o corpo não tem outra fonte tão rápida de energia para que você continue o exercício. A suplementação de creatina faz com que ela dure por mais alguns segundos, fazendo com que você levante peso por mais tempo. Esse efeito dá sensação de maior força e disposição. A quantidade diária é de 3g, mas não deve ser usada por muito tempo.

Carboidratos

Alguns pré-treinos contém também carboidratos, como maltodextrina, que são responsáveis por fornecer energia para o exercício. A quantidade recomendada varia conforma cada indivíduo e o tipo de exercício.

Beterraba

Muitos suplementos estão investindo na beterraba. Sim, aquela raiz roxa que você come no almoço! Ela é rica em nitrato, uma substância precursora do óxido nítrico. E esse óxido nítrico é responsável pela vasodilatação, ou seja, aumentar o transporte de nutrientes para o músculo durante o exercício.

BCAA

É a sigla que represente 3 aminoácidos que nosso corpo não produz, mas que podem ser ingeridos por via alimentar: valina, leucina e isoleucina. A alegação é de que esses aminoácidos podem prevenir o catabolismo muscular, mas ainda faltam evidências de que funcione.

Componentes secundários

Grande parte dos suplementos pré-treino são adicionados de outros ingredientes que atuam como antioxidantes e saborizantes, como vitaminas, minerais, adoçantes e aromatizantes. É preciso estar atento a esses ingredientes, pois muitos não são saudáveis, como por exemplo os adoçantes artificiais. Converse com seu nutricionista para avaliar se os benefícios do produtos superam os malefícios.

E então, será que você realmente precisa de um suplemento pré-treino?

Depende. Eles podem ser um opção interessante para aumentar o desempenho durante o exercício, mas não fazem milagres. O que importa é muito mais do que a alimentação no pré e pós-treino, mas também durante o dia inteiro, além de descanso e exercício adequados. Veja aqui 10 receitas pré-treino deliciosas!

Se você acabou de começar um exercício físico, preocupe-se primeiro em criar uma rotina de treinos e mudar seus hábitos alimentares. Isso com certeza será mais importante do que usar algum suplemento. Como vimos acima, a composição dos suplementos que se intitulam “pré-treinos” varia muito, o que significa que você pode estar tomando um suplemento inadequado para seu objetivo. Além disso, é preciso avaliar todo o seu histórico: algumas pessoas podem apresentar tonturas, frequência irregular do batimento cardíaco ou dificuldades respiratórias ao usar alguns suplementos.

Ou seja, procure sempre um nutricionista para te orientar quando à necessidade de suplementação e achar os melhores produtos para você!

Referências

Referências: Brasil 2010. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Brasil). Anvisa regulamenta uso de alimentos para atletas.

Natali Carol Fritzen

Nutricionista | CRN 8-8434

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2012, Natali procura impactar a vida de pessoas por meio de sua profissão. Já realizou residência multiprofissional em Atenção Hospitalar na área de concentração Saúde do Adulto e do Idoso no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 2015.

Veja todos os posts de Natali Carol Fritzen