fbpx
01 . fev . 2016 Prevenção e Saúde  Triglicerídeos  

Triglicerídeos: 10 Dicas para controlar os níveis

energie_triglicerideos_blog O consumo elevado de carboidratos simples, refinados e bebidas alcoólicas pode fazer as taxas de triglicérides irem às alturas. Quando isso acontece, além de complicações cardiovasculares e diabetes, a pessoa fica mais sujeita a desenvolver pancreatite e sofrer redução dos níveis de HDL, aquela partícula considerada benéfica por facilitar a eliminação do colesterol pelo organismo. A boa notícia é que ao adotar uma dieta equilibrada, os efeitos positivos sobre os níveis de triglicérides não demoram a aparecer. A resposta à modificação alimentar é muito mais rápida e fácil nesses casos do que naqueles de colesterol elevado. Mudanças na dieta e estilo de vida podem ajudar a reduzir os níveis de triglicerídeos. Isto também pode manter o seu corporal, colesterol, diabetes e pressão arterial sob controle.
Confira 10 dicas para o Controle dos Triglicerídeos:

triglicerideos-perca-o-excesso-de-peso
1. Perca o excesso de peso

Se você está acima do peso, uma perda de peso de alguns quilos pode ser útil. Consumir menos calorias e em menores porções são boas maneiras de começar. triglicerideos-nao-exagere-no-acucar
2. Não exagere no açúcar

No organismo, o açúcar e os doces são quebrados e transformados em partículas menores que serão absorvidas. O problema é que essa absorção estimula a produção de triglicerídeos pelo fígado. Além disso, há um depósito dessa gordura no pâncreas que atrapalha o funcionamento das células de insulina, fazendo com que a taxa de glicose no sangue também aumente. Dependendo do caso, o açúcar deve ser substituído por adoçante. triglicerideos-limite-a-quantidade-de-carboidratos
3. Limite a quantidade de carboidrato

Evite consumir em uma mesma refeição arroz, macarrão, batata e farofa. Opte por apenas uma fonte de carboidrato e, se possível, em sua versão integral. triglicerideos-controle-ingestao-doces
4. Controle a ingestão de doces em geral

Como refrigerantes, sucos de caixinha já adoçados, sobremesas, balas, etc. triglicerideos-alimentos-ricos-em-omega-3
5. Inclua na dieta alimentos ricos em ômega 3

Essa substância auxilia no controle e redução dos triglicérides e, por isso, deve fazer parte da alimentação. Para obtê-la, basta optar por peixes, como cavala, sardinha, salmão, atum, bacalhau e arenque. Assim, seu consumo sempre deve ser priorizado quando a outra opção for uma carne vermelha. Lembre-se, de preparar o peixe de forma que ele fique com baixo teor de gordura, sendo a melhor alternativa grelhá-lo. triglicerideos-faca-exercicios-fisicos-regularmente
6. Faça exercícios físicos regularmente

Excesso de peso é a principal causa de aumento de triglicerídeos no sangue. Por isso, aliar uma dieta equilibrada a prática de exercícios físicos, de preferência aeróbicos, é a melhor maneira de combater o alto nível de triglicérides, uma vez que ele aumenta a queima de gordura corporal. triglicerideos-evite-o-consumo-de-alcool
7. Evite o consumo de álcool

Bebidas alcoólicas são altamente calóricas, estimulando a produção de triglicerídeos e por isso, devem ser evitadas. triglicerideos-tabagismo
8. Tabagismo

O tabagismo aumenta os riscos de doenças cardiovasculares e diabetes, sendo um hábito prejudicial que potencializa os prejuízos causados pela alta taxa de triglicerídeos no sangue. Assim como o açúcar, ele causa resistência de insulina devido ao acúmulo de gordura no abdômen. triglicerideos-consuma-fibras
9. Consuma fibras

Prefira o farelo de aveia, pois é nele que está concentrada a maior parte da fibra solúvel responsável pelos efeitos redutores da absorção da gordura da dieta. As sementes de chia e linhaça, também auxiliam a reduzir os triglicérides. A quantidade recomendada é de duas colheres de sopa ao dia, que podem ser usadas em cima de frutas (como a banana picada), da salada de frutas ou com feijão (substituindo a farinha). Grilled chicken fillet with salad
10. Prefira carnes magras

Em relação à carne prefira as magras e grelhadas (carne vermelha sem gordura, aves sem pele, peixe), consumindo mais vezes na semana os peixes. Ao ingerir leguminosas (feijão, soja, ervilha, grão-de-bico), evite a adição de produtos gordurosos e embutidos, como bacon e linguiças. Também evite o consumo de gorduras saturadas, principalmente as do leite integral e derivados, como os queijos e iogurtes. Utilize laticínios desnatados. Referências Bibliográficas: http://portaldocoracao.uol.com.br/anormalidades-do-colesterol/dieta-para-triglicerideos-elevados http://publicacoes.cardiol.br/consenso/1994/6301/63010014.pdf http://www1.folha.uol.com.br/folha/colunas/nutricaoesaude/ult696u128.shtml
Por Giana M. Ross Toledo Nutricionista – CRN8/1385