fbpx
06 . maio . 2016 Bem Estar  Mudança de Hábitos  Positividade  

Amizade é tão importante para a saúde quanto dieta e exercício físico

amizade saúde

O que difere nós seres humano de outros animais é a nossa capacidade de formar relações sociais e fazer amigos.

A importância da amizade para a saúde

Esse aspecto é tão importante para a saúde que inúmeras pesquisas vêm mostrando que isolamento social, falta de suporte ou relações pessoais tensas estão associados com estresse crônico e, a longo prazo, com aumento de doenças inflamatórias, cardiovasculares e até câncer.

Pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte publicaram um estudo mostrando que pessoas que têm maior quantidade e qualidade de relações sociais têm tendências a ter pressão arterial mais baixa e circunferência abdominal e IMC (índice de massa corporal) menores.

Como foi esse estudo?

Para chegar a esse resultado os pesquisadores selecionaram dados de quatro grandes estudos realizados nos Estados Unidos, totalizando 15000 participantes.

Eles cruzaram dados de relações sociais (integração social, suporte social e tensões sociais) e indicadores de saúde física (proteína C-reativa – que mede inflamação – pressão arterial, circunferência abdominal e índice de massa corporal – o IMC).

E os resultados?

Os resultados mostraram que, na adolescência, o isolamento social aumentou o risco de inflamação da mesma forma que a falta de atividade física faz e que esses mesmos adolescentes tinham maiores chances de serem adultos com sistema cardiovascular saudável.

Em idosos o efeito do isolamento social aumentou mais a pressão arterial do que a presença de outros fatores de risco, como diabetes.

Ou seja, o estudo mostra que as relações pessoais provocam impactos fisiológicos importantes em diferentes idades e que uma boa alimentação e exercício físico associadas a amizades duradouras são a chave para uma vida saudável e feliz!

Referências

Yang, Yang Claire et al. “Social Relationships and Physiological Determinants of Longevity across the Human Life Span.” Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America 113.3 (2016): 578–583.PMC.

Natali Carol Fritzen

Natali Carol Fritzen

Nutricionista | CRN 8-8434

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2012, Natali procura impactar a vida de pessoas por meio de sua profissão. Já realizou residência multiprofissional em Atenção Hospitalar na área de concentração Saúde do Adulto e do Idoso no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 2015. Tem pós-graduação em Nutrição Esportiva pela Universidade Positivo (2017).

Veja todos os posts de Natali Carol Fritzen