fbpx
26 . mar . 2019 Comportamento Alimentar  

Ser magro não é a mesma coisa que ser saudável! Descubra a diferença entre os dois.

Ser magro não é a mesma coisa que ser saudável! Descubra a diferença entre os dois.

Muitas pessoas acreditam que ser magro é sinônimo de ser saudável, mas você sabia que muitas vezes pode não ser?

Ser magro x Ser saudável

Uma pessoa magra não é necessariamente saudável ou não tem nenhuma doença. E estar no seu peso ideal não quer dizer que você está livre de ter diabetes e hipertensão, por exemplo, mesmo essas doenças atingirem mais pessoas com sobrepeso e obesidade.

Quando se afirma que o corpo magro é saudável, logo pensa-se o contrário: que a pessoa acima do peso não é, que ela tem doenças, é acomodada, não se alimenta bem e não pratica atividades físicas, o que pode não ser verdade.

“Falso magro” não tem nada de saudável

Pense numa pessoa que é magra, mas não come bem nem pratica nenhuma atividade física: ela tem muita chance de não estar saudável! Ela não consome alimentos que vão facilitar o bom funcionamento do seu corpo e evitar doenças, além de não ser uma pessoa fisicamente ativa. Enquanto isso existem pessoas com sobrepeso ou obesidade que tem uma alimentação saudável e praticam atividades físicas diariamente. Nesse caso, quem é mais saudável?

Você já ouviu falar no “falso magro”?

É aquela pessoa que tem o peso adequado, mas tem muito mais gordura corporal do que massa magra. Então ela será visualmente magra, mas não saudável!

Duas pessoas com o mesmo peso podem ter composições corporais totalmente diferente! Por isso, não é somente o peso na balança que conta…

A composição corporal é muito mais importante e é essencial avalia-la por meio de um exame de bioimpedância, por exemplo, ou outro método. Para entender melhor a diferença entre o peso e a gordura corporal, dá uma olhadinha nesse artigo do nosso blog: O peso do peso: aprenda a diferença entre emagrecer e perder peso

Ser magro a qualquer custo? Cuidado com a busca da magreza!

E pense comigo… Algumas pessoas buscam ter o “corpo perfeito” a todo custo, já que o corpo belo é visto como o corpo magro devido a influência da sociedade e mídia.

Essa pessoa pode estar magra por:

Vamos desconstruir essa ideia de que o corpo bonito é o corpo magro e que ele é sinônimo de saúde!

Ser saudável é muito mais importante do que simplesmente ser magro! É essencial ter uma alimentação e estilo de vida saudáveis, com uma boa composição corporal e não somente peso adequado.

Quer melhorar sua alimentação? Aprenda o que comer para emagrecer com saúde!

Referências

DE SOUSA SILVA, Ana Flávia et al. “A magreza como normal, o normal como gordo”: reflexões sobre corpo e padrões de beleza contemporâneos. Revista Família, Ciclos de Vida e Saúde no Contexto Social, v. 6, n. 4, p. 808-813, 2018.

Fabíola Natália R. e Silva

Fabíola Natália R. e Silva

Nutricionista | CRN 1-10555

Apaixonada pela nutrição e pelos benefícios que ela traz a saúde, bem estar e qualidade de vida, minha missão é auxiliar na reeducação alimentar e mudança de hábitos, fazendo com que as pessoas acreditem e comprovem que uma alimentação saudável pode sim ser saborosa, resgatando o prazer em se alimentar, sem culpa nem restrições severas, com comida de verdade, alcançando uma alimentação equilibrada. Luta por uma nutrição eficiente, sem terrorismos nutricionais, com clareza, em busca do equilíbrio de corpo e mente, resultando em uma vida saudável e prazerosa.

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário de Brasília (UniCeub) desde 2014, pós-graduada em Nutrição Materno-infantil pela Estácio desde 2016 e atua como nutricionista clínica e em saúde coletiva.

Veja todos os posts de Fabíola Natália R. e Silva